quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Resenha: Mar de rosas - Nora Roberts - Editora Arqueiro




Mar de Rosas
Autora: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Categoria: Romance
ISBN: 978-85-8041-273-4
288 Páginas
1º Edição – 2014



Sinopse


Emma Grant é a decoradora da Votos, empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas de infância – Mac, Parker e Laurel. Ela passa os dias cercada de flores, imersa em seu aroma, criando e montando arranjos e buquês.

Criada em uma família tradicional e muito unida, Emma cresceu ouvindo a história de amor dos pais. Não é de espantar que tenha se tornado uma romântica inveterada, cultivando um sonho desde menina: dançar no jardim, sob a luz do luar, com seu verdadeiro amor.

Os pais de Jack se separaram quando ele era garoto, e isso lhe causou um trauma muito profundo. Ele se tornou um homem bonito e popular entre as mulheres, porém incapaz de assumir um compromisso.

Quando Emma e suas três amigas fundaram a Votos, foi Jack, o melhor amigo do irmão de Parker, quem cuidou de toda a reforma para transformar a propriedade no melhor espaço para casamentos do estado.

Os seis são praticamente uma família. E justamente por isso Emma e Jack nunca revelaram a atração que sentiam um pelo outro.

Mas há coisas que não podem ficar escondidas para sempre.

Mar de rosas é uma história ardente, sexy e divertida sobre as vantagens e os desafios que surgem quando uma grande amizade vira paixão.


Minhas impressões


Realmente Mar de Rosas me surpreendeu. Não achei que fosse possível que Nora Roberts conseguisse manter o alto padrão da estória contada no primeiro livro, mas ela o fez. E o fez com maestria, melhorou o que já era muito bom, e deixou mais encantadora ainda a amizade das meninas.

Não tem que se falar em divisória de personagens principais e secundários, nessa série, e em Mar de Rosas isto esta ainda mais evidente, pois todos os personagens são principais, todos são importantes e relevantes – do casal foco da estória a Sra. G., todos são essenciais para que a estória se desenvolva de uma forma tão harmoniosa, linda, agradável, engraçada e atraente. Além do mais devido a isto, ficamos sabendo como anda o casal queridinho do primeiro livro, Mac e Carter, e conseguimos imaginar os próximos casais hahahah e tenho q confessar, estou muito ansiosa por eles.

Em Mar de Rosas conhecemos mais a fundo Emmaline e Jack – fica meio redundante falar que amei os dois? Por que eu amei hahahhaha amei eles separadamente e amei mais ainda eles juntos.

Ela é uma romântica incurável, sonha com o amor verdadeiro, a paixão, e, claro, com seu casamento. Entretanto, quando fui me aprofundando no livro e descobrindo mais coisas sobre ela eu fiquei com uma mistura de sentimentos: surpresa e animação - Emma é danadinha hahahaah - e me encantei ainda mais. Em geral, pensamos nas pessoas que são muito românticas como sendo bobas, mas não! Emma dá um banho de mulher moderna acoplada com uma mulher romântica. Sem falar na beleza hahahahah




Quando Jack apareceu no primeiro livro me faz suspirar, e eu pensei quando li sobre ele a primeira vez: esse vai ser bom! E ele é muito melhor do que eu conseguiria imaginar. Bonitão, trabalhador, engraçado, inteligente, sabe o timing das coisas - tem tudo que eu desejo em um homem, ou melhor NO homem. Ele é muito avesso ao casamento, o que não é de se admirar, já que – como a fofoqueira (a sinopse) conta - ele sofre um trauma devido ao divorcio dos pais. Maaaaaaaaas, ele é um romântico, também, sem confessar ou deixar transparecer isso, durante a leitura todo mundo vai identificar essa característica dele que só ele não consegue ver. Não vou me demorar falando dele, pois ele precisa ser vivido para ser entendido.



(sei que não vale imaginar o Matt Bomer como somente um personagem... ele se enquadra com praticamente todas as minhas paixões literárias huahuahuauha)

Uma coisa que eu amei, amei, amei mesmo em Mar de Rosas foi o fato de Emma e Jack serem amigos, mas tipo amigos mesmos, melhores amigos. Jack entrou para o grupo que consiste nas 4 garotas, Del e em Carter (que entrou recentemente), desde que ele e Del se tornaram amigos no início da faculdade. E isso dá muito mais graça ao livro e promete boas risadas nos próximos livros.



(depois que vocês lerem o livro irão entender esta imagem, e o porquê de o casal estar distante – ownnnnn adorei #momentofofuradanoite)

Ahh... e por falar da amizade deles – durante minha leitura tinha uma música que não me saia da cabeça, e quando eu a ouvi, foi impossível não pensar Jack e Emma instantaneamente.



Lucky - Jason Mraz ft. Colbie Caillat


A Editora Arqueiro veio mais uma vez arrasando no quesito capa – o nome de Nora em vermelho, combinando com o buquê que contrasta com o vestido de noiva perolado ficou esplêndido. Uma das capas de livros mais linda que eu já vi. E sobre os outros detalhes do livro – fonte, diagramação, tamanho da fonte, etc. – a editora manteve o alto padrão dos livros recentes. E se eu vi três erros de português no livro, foi muito – isso em deixa feliz, e demonstra a atenção que é dada para uma tradução coerente e fiel. Mas, infelizmente, não posso dizer o mesmo sobre a sinopse, que é praticamente um resumo do livro, e ainda acha apoio do que vem escrito na orelha do livro (é meio feio falar isso ahahahah).

Como vocês devem ter percebido, não postei nenhum trecho do livro até então. Primeiro porque foi bem difícil escolher alguns, pois eu queria copiar o livro todo hahahaha e segundo, pois depois de muita indecisão resolvi colocar um trecho maior, mas que representa perfeitamente essa série e a amizade de Emma, Mac, Laurel e Parker (no meu ponto de vista).


“- Também gostaria de aproveitar esse momento para agradecer a Emma pela diversão da noite passada.
Emma fitou Laurel sem entender nada.
- Como é?
- Fui para a varanda respirar um pouco de ar fresco ontem à noite antes de ir dormir e vi um carro chegando na maior correria. Por um minuto pensei: ‘Xiii, alguma coisa aconteceu.’ Mas não, não era nada disso.
- Ai, meu Deus! – exclamou Emma, tapando o rosto com as mãos. – Ai, meu Deus!
- Quando vi que ninguém saiu dali de dentro cuspindo sangue, que na verdade ninguém saiu, pensei em correr e me preparar para oferecer os primeiros socorros. Mas de repente duas portas do carro se abriram. Emma por um lado, Jack pelo outro.
- Você viu tudo?
Laurel fez uma cara sarcástica.
- E aí? – incentivou Mac. – Precisamos saber o resto.
- E aí vocês devem imaginar. Eles se agarraram feito animais.
- Ah, fizemos isso... também – lembrou-se Emma.
- Depois aconteceu aquela cena clássica de pegação na porta de entrada.
- Puxa, faz tanto tempo que ninguém me encosta na porta... – comentou Parker e, com um ligeiro arrepio, enfatizou: - Muito tempo mesmo.
- Pelo que vi, Jack é bom nisso. Mas nossa menina não fica para trás.
- Caramba, Laurel!
- Ela tirou o casaco dele e jogou longe. Depois fez o mesmo com o suéter.
- Ai, ai, ai! – exclamou Mac.
- Mas o Oscar vai para a cena do cinto. Ela puxou o cinto como se fosse um chicote... – Laurel movia o braço imitando a amiga. – Depois, o fez alçar voo.
- Acho que vou precisar de outra garrafa d´água.
- Infelizmente, Parker, depois disso eles entraram.
- Estraga-prazeres – murmurou Mac.
- O resto eles deixaram por conta da minha... imaginação fértil. Então, quero agradecer a você, Emmaline, por essa cena que vi da varanda. Menina, só aplaudindo de pé.
Diante do aplauso entusiasmado, Emma disse apenas:
- Agora, deixo vocês com a espiã e seus pensamentos libidinosos. Preciso trabalhar.
- Contra a porta – sussurrou Parker. – Confesso que estou com inveja.” – Págs. 175/176






Ver resenha de Álbum de Casamento - livro 1

10 comentários:

Alice Aguiar disse...

eu pretendo ler os livros dessa serie, acredita q eu comecei a ler pelo 3? pois é, e curti muito por isso to querendo ler os outros.
gostei da resenha.

Paloma Casali disse...

Alicee....leia toda essa serie! Ela é ótima!!!
Sábado postaremos a resenha do 3.
obrigada
Beijoss

Fernanda Oliveira disse...

Adoro essa série! Queria um livro contando o que aconteceu após o casamento de todas elas. Algo com direito a gravidez coletiva... Dá vontade de ser uma das quatro!

Paloma Casali disse...

hahahahhaha adooorei, Fernanda!!!!
Realmente poderia ter mais um livro contando o pós!!!!
Tipo um conto! seria ótimo!!!!

Maraíse de Almeida disse...

Oi Papys! Sou suspeita para falar porque entre os três já lançados esse é o meu preferido. Em boa parte da sua resenha, você falou justamente dos pontos que me fizeram gostar do livro. O romantismo da Emma e seu sonho de amor verdadeiro, o maravilhoso Jack, a amizade entre as quatro mulheres e esses dois homens lindos. É uma série digna de se ler e reler, é uma delicia!
Bjos

travelsconquestsqueries disse...

Wow, Paloma! Esta resenha me deixou com muuuuita vontade de ler este livro. Os personagens parecem ser adoráveis. Esta cena do livro é muito divertida hahahaha
Vou colocar na minha listinha de leitura já! ♥

Lia Christo disse...

Oi Paloma, tái seu jeitinho de resenhar que eu gosto tanto... kkkkk
Eu adorei este livro, gamei no casal. E apesar de ainda não ter lido o último livro da série, afirmo com certeza que este é o meu preferido.
A Emma, tem muito de minha personalidade, principalmente o romantismo, e o Jack é mesmo o sonho de consumo de muitas de nós.
Bjus
Lia Christo
www.docesletras.com.br

Paloma Casali disse...

Maraa...que bom que gostou da resenha...e temos basicamente o mesmo ponto de vista!
Você sabe que sua opinião é importante pra mim!!!!
Beijoss, amore mio

Paloma Casali disse...

Luuu...leia mesmo!
essa série é sensacional!!!!
tenho certeza que vc vai gostar!!!!
Bjs

Paloma Casali disse...

Ahahhaha Liaaaa linda!!!
Amo seus comentários. ..fico me sentindo!
eu adooro esse livro...mas confesso que ainda n tenho um preferido.
hahahahhahahaha
beijos

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ILUSÕES!

 
Copyright 2009 Ilusões Noturnas