segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Resenha: Dez formas de fazer um coração se derreter - Sarah MacLean - Editora Arqueiro


Resultado de imagem para capa dez formas de fazer um coração

Des formas de fazer um coração se derreter
Autora: Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Categoria: Romance de Época
ISBN: 9788580415292
352 Páginas
1ª Edição - 2016


Sinopse



Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.

Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.

Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.

Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.




O livro é lindo e fofo. Uma leitura agradável e leve. Com personagens encantadores, fortes e determinados, além de se desenvolver com um bom humor peculiar, mas se a leitura não for feita interpretando a história corretamente e internalizando as lições que ela passa (amizade, confiança, feminismo, amor...), poderá achá-la fraca; o que não chega nem perto de ser.

Isabel é uma batalhadora, apesar de ser filha de um Duque ela foge a todas as regras. Uma vida difícil foi imposta à ela pelo próprio pai, e ela arregaçou as mangas e com toda coragem fez o que ninguém esperava dela: inverteu seu destino e traçou os próprios caminhos (além de fazer o mesmo com o do irmão e o de muitas outras mulheres).

Nick é lindo, encantador, inteligente, envolvente e rico - o partido desejado por todas as matriarcas da sociedade londrina, pois seria o genro perfeito. Ele que odeia se ver no centro das atenções, agarra a chance de sair de Londres para ajudar o amigo a solucionar o misterioso sumiço da irmã.


"Nick virou para o amigo com uma careta.
- Essa mulher conseguiria levar um santo a loucura. Será que se esqueceu de que foi ela quem me convidou para esta maldita casa?
Isabel colocou a cabeça acima da beirada do telhado mais uma vez.
- Seria bom lembrar-se de que eu consigo ouvi-lo daqui, milorde. Modere a linguagem, por favor.
- Me desculpe - disse Nick, fazendo uma reverência exagerada. - Não estou acostumado a conversar com damas em telhados. Não conheço as regras de etiqueta para tal situação." - P. 61


Com um enredo que gira em torno de: como Isabel mantém uma casa enorme sozinha; a busca pela irmã do Duque de Leighton; como se livrar de um tutor que ela nem sabe quem é; a avaliação da coleção de antiguidades de Isabel;  e como resistirem a tentação que um é para o outro, o livro se desenrola de forma leve e agradável.

Confesso que não vi muita ligação entre o título e a história na parte das regras (apesar de a revista Pérolas e Pelíças trazer alguns "ensinamentos" de como conquistar um Lord), diferentemente do primeiro livro que o título ( Nove regras a ignorar antes de se apaixonar ) tinha tudo a ver com o que Callie e Gabriel viveram. Apesar de que foi lindo ver os corações de ambos (Nick e Isabel) derreterem um pelo outro 💖💖

Enfim... gostei do livro e estou curiosa pelo próximo da série, e espero que, assim como o casal principal do primeiro livro apareceu (mesmo que rapidamente) neste livro, Isabel e Nick apareçam no próximo.

Ahh... Não poderia deixar de falar que a capa é linda e que a edição está maravilhosa.


1 comentários:

thaila oliveira disse...

eu gosto do jeito como Sarah constrói suas personagens femininas dá um charme a parte pra história
http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ILUSÕES!

 
Copyright 2009 Ilusões Noturnas