quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Resenha: A Guerra dos Tronos - George R. R. Martin - LeYa


A Guerra dos Tronos
Autor: George R. R. Martin
Editora: LeYa
Categoria: Ficção Fantástica
ISBN: 978-85-62936-52-4
 592 Páginas
1º Edição – 2010

Sinopse

Em uma terra onde o verão pode durar décadas e o inverno toda uma vida, os problemas estão apenas começando. O frio está de volta e, nas florestas ao norte de Winterfell, forças sobrenaturais se espalham por trás da Muralha que protege a região. No centro do conflito estão os Stark do reino de Winterfell, uma família tão áspera quanto as terras que lhe pertencem.

Dos lugares onde o frio é brutal, até os distantes reinos de plenitude e sol, George R. R. Martin narra uma história de lordes e damas, soldados e mercenários, assassinos e bastardos, que se juntam em um tempo de presságios malignos. Entre disputas por reinos, tragédias e traições, vitória e terror, o destino dos Stark, seus aliados e seus inimigos é incerto. Mas cada um está se esforçando para ganhar esse conflito mortal: a guerra dos tronos.




Olá, pessoas! Bom, como posso começar? Meu nome é Igor, tenho 16 anos, e minha paixão pela leitura começou desde cedo. Quando eu tinha 04 anos, minha professora trabalhou com a classe o livro “O Pequeno Príncipe”. Levado pela beleza do livro – que até hoje é um dos meus preferidos –, comecei a cultivar um grande interesse pela literatura.

Sempre gostei bastante de opinar sobre as coisas, mas nunca tive coragem de colocar isso no papel. Por influência de dois amigos, acabei fazendo isto pela primeira vez com esta resenha (portanto, peguem leve kkkkkk). E espero poder ter a oportunidade de fazer muitas resenhas para poder mostrar como a leitura é transformadora.

Mas agora vamos ao que interessa... O livro.

Muitos de vocês podem estar familiarizados com esta história devido ao sucesso de sua adaptação televisiva – a série Game of Thrones, da HBO. O livro é o primeiro volume da saga As Crônicas de Gelo e Fogo, que conta com cinco volumes publicados e dois em processo de escrita (um processo que dura quase 20 anos). E, como amante do gênero fantasia, garanto que a experiência da leitura deste livro é arrebatadora!


O tamanho pode assustar de início, porém o talento do autor faz com que a história flua de maneira rápida e dinâmica. Isso pode ser observado no fato de cada capítulo possuir um narrador diferente, na ausência de protagonismo e na objetividade da descrição de pessoas e cenários. George R. R. Martin apostou em induzir o leitor a reflexão e instigá-lo página por página por uma aventura que não se baseia apenas no realismo fantástico, mas principalmente na consequência dos atos humanos.

Os personagens são um dos maiores trunfos da trama. Cada um possui uma maneira diferente de pensar e agir diante dos acontecimentos (que são muitos!). O senso de justiça de Ned Stark, a perspicácia de Tyrion Lannister, a força interior de Daenerys Targaryen e a ousadia de Arya Stark exemplificam bem essa questão. As famílias – chamadas na história de Casas – funcionam como organismos vivos, cada uma com suas próprias características morais. São os conflitos ou alianças entre elas que dão o tom do enredo. A exemplo do estopim do conflito entre Lannisters e Starks, quando a matriarca da Casa Stark sequestra Tyrion Lannister e o submete a um julgamento.




A abundância de personagens e cenários é uma marca da história; porém, para auxiliar o leitor, há no livro um mapa que registra todos os locais onde o enredo se passa, além de um apêndice listando as principais Casas, seus membros e seus aliados.




Espero que curtam cada momento vivido na leitura desse livro, pois é realmente maravilhoso. Deixo-lhes com um conselho de uma das mais fascinantes personagens, a rainha Cersei Lannister, e que define o clima que permeia toda a história:

Quando se joga o jogo dos tronos, ganha-se ou morre. Não existe meio termo.
P. 346


Até a próxima resenha!






2 comentários:

Phyetro Habib disse...

Igor, parabéns pela resenha! Fico muito feliz em saber que agora faz parte do blog.
Quanta à resenha, confesso que me sinto bastante intimidado com o tamanho dos livros de Game of Thrones, porém, o detalhamento da resenha me deixou com uma vontade ainda maior de conhecer mais sobre esse mundo fantástico, quem sabe não resolvo finalmente dar uma chance!?

Bianca Galvão disse...

Parabéns Igor, fico feliz de saber que agora é um de nós, rs! Continue nos alegrando com suas resenhas, bjos :)

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ILUSÕES!

 
Copyright 2009 Ilusões Noturnas