sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Coluna: TOPs 3 do IN

E lá vamos nós para o nosso TOP 3 Literário do mês de agosto!! E como todos sabem no segundo domingo de agosto se comemora o "Dia dos Pais". E essa será uma de nossas homenagens aos papais do Brasil e do mundo! Com vocês os papais literários mais marcantes para a equipe IN!





Escolhidos da Gabi


1º Richard - Pai adotivo de Gabriel em "O Inferno de Gabriel" de Sylvain Reynard

O que dizer de Richard? Além de criar seus próprios filhos com a amada esposa esse homem abriu seu coração para um terceiro filho. Adotou Gabriel e nunca duvidou dele e da capacidade dele de amar, ser amado e ser feliz. Adoro Richard e sua sabedoria, sua paz, sua experiência e seu amor por seus filhos. 


2º Gavin Rochester - Pai da personagem Ari em "Salve-me" de Maya Banks

Homem forte e amoroso que ao lado de sua esposa Ginger fez de tudo para criar Ari com amor e proteção. Ari é dona de poderes psíquicos, e por conta disso Gavin a criou com mais zelo ainda, para que nunca fosse usada por pessoas más. Pena que o mundo sempre pregue peças e mais peças.


3º Alex Cross - Pai de Damon, James e Alex na série de livros policiais "Alex Cross" de James Patterson

O que falar de Alex Cross? Pai amoroso e super protetor. Ele é investigador policial em Washington DC e criou seus filhos com a ajuda de sua avó Nana Mama após a morte de sua primeira esposa. Alex nunca deixou nada faltar a seus filhos e sempre teve receio de que algo acontecesse com ele também e que as crianças acabassem órfãs.





Escolhidos da Paloma


Geeeeeente, como foi difícil escolher! Não por ter milhões de opções, mas agora que precisei escolher três pais, parei para analisar e vi que são poucos os livros (dos que eu li, lógico) que trazem o pai como personagem principal ou em foco. Mas enfim... eu consegui! Hahahahaha


1º Tiago Potter (ou James Potter), da série "Harry Potter", de J.K. Rowlling

Eu sei que de fato ele não participou dos livros (como um personagem vivo), mas a memória dele foi sempre lembrada de forma honrada (exceto nas partes de Snape, claro ahahaahha). Mas pelas poucas partes em que apareceu ou foi citado, Tiago Potter demonstrou ser uma pessoa que corre atrás, que é um amigo leal, um bom marido, e um pai protetor e bom. Acho que, muito do que Harry é, veio dele (e de Lilian), e ele é um menino levado, mas correto e um homem íntegro e corajoso.


2º Hawk, do livro "Um Gosto de Amor", de Susan Mallery

Ele era um astro da NFL, mas depois que sua esposa faleceu, ele se aposentou e abdicou da fama e da sua carreira promissora para poder cuidar de sua filha. Além de ser dedicado à família, ele é lindo. Eu escolhi ele, pois nem todo mundo tem maturidade e coragem para deixar de lado um sonho por causa de alguém, mesmo que seja uma filha. E ele foi altruísta escolhendo criar sua filha em uma cidade pequena, e que tivesse um contato a fundo com ela, ensinando, protegendo, guiando e até brigando, quando necessário.


3º Sr. Hathaway, da série "Os Hathaways", de Lisa Kleypas

Mais um pai que só conhecemos as lembranças e a sua herança, – mas aqui eu falo de herança intelectual, emocional, e não da financeira. Ele foi um estudioso e era uma pessoa evoluída – à frente de seu tempo. Um pai que ensinou tudo aos filhos, principalmente a amar, e lhes deu amor e atenção – coisas que naquela época eram raras de serem dadas pelos pais aos filhos. Enfim... depois de conhecer os filhos dele, conhecer suas personalidades, sabemos que apesar de cada um ter suas peculiaridades, muito do que são veio dos pais, do pai!


                                        Resultado de imagem para série "Os Hathaways", de Lisa Kleypas



Escolhidos da Bibiane


Confesso que não gostei de fazer esse pôster, não sou fã dos dias pais, perdi meu pai há três anos, é traumático perder quem se ama para morte. 

Mas a vida continua, não é? 


1° Lorde Needhan de "Entre o Amor e a Vingança" de Sarah MacLean

O pai de Lady Penélope, do livro "Entre o Amor e a Vingança", é super fofo e engraçado. A forma como ele resolve conseguir casamentos para suas filhas é hilária, não mede esforços. Lorde Needham é uma figura nada comum para sua época, sem contar que diz não se importar com os direitos femininos, mas acabava sempre fazendo tudo que suas filhas desejavam... O livro é maravilhoso, personagens únicos e muito engraçados.


2° Ray Quinn de "Trilogia da Gratidão" de Nora Roberts

Um salve para o pai desta triologia, Ray Quinn! Poucos livros conseguem traduzir tão bem os sentimentos como essa trilogia. Três irmão sem laços de sangue, unidos pelo amor a seu pai adotivo. A forma que o Ray consegue mudar a vida deste três homens, cheios de traumas e medos, é muito emocionante! Além de morrer e deixar um mistério a ser desvendando, ele deixa o Seth, um menino traumatizado, para ser salvo por eles. A união deles, as mudanças da vida, o amor que desenvolvem pelo menino, como se o mesmo fosse um irmão... Os livros são lindos, e mesmo morto Ray Quinn rouba todas as cenas com sua sabedoria.


3° Mr.Lancaster de "O Amor Não Tem Leis" de Camila Moreira

O pai do Alexandre Ferraz, do livro "O Amor Não Tem Leis", da Camila Moreira, aparece poucas vezes, mas quando aparece você entende porque o Alê é tão fofo e apaixonado. A forma que ele faz todas as vontades da mulher, apesar de não curtir algumas idéias dela, mesmo assim embarca, e todo o amor pelos filhos, preocupação com sua família, a união destes... Resumindo: um pai maravilhoso.





Escolhidos do Lucas


1° Mr.Lancaster  de "A Culpa É Das Estrelas" de John Green

Esse personagem merece estar no TOP 3 de dia dos pais, pois não deve ser fácil estar sempre ao lado de um filho com câncer e ser forte. O Mr.Lancaster, como todo bom pai, cuidou e lutou pela sua filha Hazel, com muito amor e isso é admirável.


2° Ray Steele da série "Cinquenta Tons de Cinza" de E. L. James

Quis colocar este personagem porque eu me identifico muito com a situação, pois assim como Anastacia eu também tenho um pai de consideração. Ray esteve ao lado da filha em todos os momentos dando apoio e carinho, coisa que nem todo pai de sangue consegue dar.


3°Luke Garroway da série "Instrumentos Mortais" de Cassandra Clare

Luke não é o pai de Clary,  mas a garota tem afeto por ele como se fosse (como falei anteriormente, me identifico com pais de consideração). Luke, desde o começo da saga, lutou por Clary, além de cuidar dela na ausência de sua mãe. Por ter sido um ótimo pai, ele mereceu um lugar no meu TOP 3.







Escolhidos da Mavi


1º Andrew Prior, da "Saga Divergente", de Veronica Roth

Andrew Prior foi escolhido por sua determinação e coragem, ao utilizá-las em prol de uma causa e na defesa dos seus filhos.


2º Poseidon da série, "Percy Jackson e os Olimpianos", de Rick Riordan

Há uma regra que os Deuses não podem se comunicar e conviver com os seus filhos, os semideuses. E, Poseidon foi escolhido por mim pelas diversas formas que ele utilizou para se comunicar com o seu filho Percy, mesmo que a maioria das vezes não fosse pessoalmente.


3º Andy e Nathan, de "Lola e o Garoto da Casa ao Lado", de Stephanie Perkins

A personagem principal, Lola, tem dois pais, que de formas diferentes tentam ajudá-la, nos conflitos que ela vivia, interferindo nos seus atos e proibindo que ela faça coisas das quais se arrependesse, mesmo em momentos que não eram necessários.





E quais são os seus pais preferidos??? Nos contem, baste deixar um comentário abaixo.

Beijos, e até o próximo TOP 3!!!!

Gabi, Paloma, Bibi, Lucas e Mavi

2 comentários:

Paloma Casali disse...

Gente... eu adoro fazer o tops 3!!!
Gostei muito dos de todos, e fiquei bem curiosa!
Mas lóóóógico que Lucas deu um banho em todas nós (pra variar haahhaha).
Beijos

Bibi Santos disse...

Lucas sempre surpreendendo

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ILUSÕES!

 
Copyright 2009 Ilusões Noturnas