sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Resenha: Maze Runner: Correr ou Morrer - James Dashner - Editora Vergara & Riba



Maze Runner: Correr ou Morrer
Autor: James Dashner
Editora: Vergara & Riba
Categoria: Ficção Científica e Ação
ISBN: 978-8576832478
426 Páginas
1ª Edição – 2010


Sinopse

Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho.

Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeado por garotos que o acolhem e o apresentam à Clareira, um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar - chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo.

Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr, correr muito.






Ooe, pessoal!! Então, nem sei o que começar a dizer, mas vou pelo mais importante... Me chamo Phyetro, tenho 17 anos e sinceramente? Minha paixão pela leitura começou um pouco tarde. É verdade que desde pequeno eu adorava histórias e muitas vezes me interessava em alguns livros (praticamente obrigava o meu pai a comprar e nunca lia), mas foi numa dessas vezes, aos 12 anos, que o meu pai me presenteou com o livro “O mercador de Veneza”, do William Shakespeare e o nome parecia tão legal que eu resolvi ler e desde aquele momento nunca mais parei.
Foi daí que surgiu o interesse por escrever a respeito dos livros que leio, para passar a minha impressão, opinião e pensamentos a respeito deles pra outras pessoas. Bem, eu espero poder fazer muitas outras resenhas para mostrar a minha opinião sobre o universo incrível e cheio de possibilidades que a leitura nos proporciona.
Espero que essa seja apenas a primeira resenha de muitas outras! E podem me chamar de Phyetro, Phy ou como acharem melhor :D
Enfim, vamos ao mais importante? O livro!


"Sua vida anterior já não existe mais.   
Uma nova se inicia.
Lembre. Corra. Sobreviva." - Contracapa



Com a incrível premissa de um garoto que se encontra numa caixa metálica subindo num túnel escuro e que não parece ter fim, é que somos apresentados à Thomas - um menino que não sabe nada de si mesmo além do seu próprio nome. Nessa perspectiva, assim que sai da caixa metálica com a ajuda de alguns dos garotos que se encontravam naquele local, Thomas, é apresentado à Clareira, um lugar grande e cheio de garotos, porém rodeado por grandes paredes de pedra, onde além dessas encontra-se a única maneira deles escaparem dali, o Labirinto.


“- A Clareira se divide em quatro partes – Ele exibiu os dedos enquanto contava as quatro denominações: - Jardins, Sangradouro, Sede, Campo-Santo. Sacou?” – P. 52


Na Clareira, os garotos dividem-se em diversas atividades, existem aqueles que trabalham na cozinha, os que fazem suas atividades no sangradouro e ainda aqueles que atuam na busca por uma saída no Labirinto, os Corredores.

Confesso que comecei a ler Correr ou Morrer sem expectativa alguma, o que sinceramente foi bom, pois o livro com o seu ritmo frenético e surpreendente, foi responsável por me proporcionar uma das melhores leituras do ano. Sim, Maze Runner é diferente de diversas das distopias que estão por aí hoje, é cheio de suspense, é surpreendente, possui muita ação, ficção científica, personagens cativantes e um recheado de coisas que fazem com que o livro torne-se cada vez melhor.




Algo bastante interessante no labirinto é que além de ser extremamente grande e mudar suas combinações quando as portas da Clareira se fecham toda noite, o mesmo é protegido por imensas criaturas metálicas e gosmentas, os Verdugos, que possuem uma picada capaz de fazer com que os clareanos relembrem suas vidas, isso caso sobrevivam à dor agonizante que a picada proporciona.

Porém, é a chegada da primeira garota ao labirinto, Teresa, um dia após a chegada de Thomas que revoluciona tudo e faz com que os garotos da Clareira desejem encontrar uma saída para o labirinto o quanto antes.


“Ela é a última.” – P. 68


Com uma trama que mescla aventura, ficção-científica e um mundo distópico inteiramente novo, Maze Runner: Correr ou Morrer é, sem dúvida alguma, um daqueles livros que faz com que nos sintamos na obrigação de ler a sua continuação o quanto antes para saber o que acontecerá com os personagens, no caso os garotos da Clareira após o final bombástico do primeiro livro.

Então é isso... espero que tenham gostado da resenha!!!

Até a próxima!



2 comentários:

Bianca Galvão disse...

Amei, resenha bem feita, bem explicada, que nos leva a uma imensa curiosidade de conhecer o universo de Maze Runner. Parabéns Phy! :D

Phyetro Habib disse...

Que bom que gostou, Bis! Brigadão ☺️😆

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ILUSÕES!

 
Copyright 2009 Ilusões Noturnas