segunda-feira, 18 de maio de 2015

Resenha: Cretino Irresistível - Christina Lauren - Editora Universo dos Livros



Cretino Irresistível
Autor: Christina Lauren
Editora: Universo dos Livros
Categoria: Romance Erótico
ISBN: 978-85-793-0529-0
252 Páginas
1º Edição - 2013


Sinopse


Cretino Irresistível - Uma estagiária ambiciosa. Um executivo perfeccionista. E um relacionamento ardente e totalmente perigoso!
Esperta, dedicada, prestes a cursar um MBA, Chloe Mills tem apenas um único problema: seu chefe, Bennet Ryan. Ele é exigente, insensível, sem consideração – e completamente irresistível. Um belo cretino. Bennet acaba de retornar da França para assumir um cargo importante na empresa de comunicações de sua família. Mas o que ele não poderia imaginar era que a pessoa que o ajudava enquanto ele estava no exterior era essa criatura linda, sensual e totalmente irritante que agora ele tem de ver todos os dias. Ele nunca foi do tipo que se envolve em relacionamentos no ambiente de trabalho, mas Chloe é tão tentadora que ele está disposto a flexibilizar essa regra – ou quebrá-la de uma vez – para tê-la. Por todo o escritório! Mas o desejo que um sente pelo outro cresce tanto que Bennet e Chloe terão de decidir o que estão dispostos a perder para ganhar um ao outro.


Minhas Impressões


“Cretino Irresistível”, das autoras Christina Hobbs e Lauren Billings (Christina Lauren), é um romance new adult publicado pela editora Universo dos Livros. Este é o primeiro volume da série “Beautiful Bastard”. A série tem ao todo 6 livros, sendo 3 livros principais e 3 contos. Confiram no gráfico abaixo como funciona a sequência de livros desta série.

Os volumes um, dois e três dos livros principais e 3 contos um já foram lançados aqui no Brasil pela editora Universo dos Livros. Apesar de o primeiro conto ter o título de “Cretina Irresistível”, o livro não é uma segunda versão pela visão do personagem masculino. Ele é sim uma continuação direta do livro aqui resenhado. 

Confesso que não esperava muito deste livro ou desta série, mas não é que o tal cretino é mesmo irresistível? Eu adorei o livro e antes de fazer essa resenha li quatro vezes seguidas! 

Um romance sensual, quente, recheado de cenas picantes e de muitos palavrões. Uma estória clichê sim, mas também simples, humana, muito bem humorada, romântica e cheia de encanto! Eu classificaria como um chick-lit erótico! Uma leitura leve, engraçada, sem grandes dramas, sem submissão, sem personagens problemáticos e sem o entediante BDSM. Sim, isso mesmo, o verdadeiro paraíso!!! 

Conhecemos Bennet Ryan. Um homem de 31 anos, bonito, charmoso, rico e que trabalha na empresa de publicidade da família, junto com seu pai e seu irmão. Um profissional dedicado, competente e um chefe extremamente arrogante, duro e com o humor mais inconstante que eu já vi! Mas ele tem um motivo para ser dessa forma, principalmente no escritório, e esse motivo tem nome: Chloe Mills. Tirando esse detalhe é um menino em pele de CEO.

Chloe trabalha na empresa da família Ryan há muitos anos e atualmente faz estágio com Bennet Ryan para concluir o seu MBA. Uma garota alegre, esforçada, que sabe o seu lugar e também sabe o seu valor. Estudou e batalhou muito para estar aonde chegou.

A família de Bennet gosta muito de Chloe e todos reconhecem a profissional que ela é a capacidade que tem. Chloe é a pessoa ideal para trabalhar com Bennet, segundo o pai e o irmão do próprio.


“– Você é um filho da puta, sr. Ryan 
O sorriso dele mostrou que, seja lá o que ele queria de mim, conseguiu. Eu quis dar uma joelhada no meio das suas pernas, mas, se fizesse isso, não teria mais daquilo que eu realmente desejava. 
– Peça por favor, srta. Mills. 
– Por favor, vá se foder.”


Mas Bennet não pensa assim... Ele procura defeitos na senhorita Mills durante todo o período em que trabalham juntos, provocando-a de todas as formas possíveis, mas a garota é dura na queda e não se deixa levar, sendo uma profissional dedicada e competente. Qual é o problema? Ambos sofrem uma irresistível atração pelo outro e tentam controlar isso através de deliciosas brigas de cão e gato regadas com muita ironia e provocação. Isso rende cenas bem humoradas e calientes durante todo o livro. Nem Bennet e nem Chloe querem se entregar a uma aventura sexual dentro da empresa e colocar a perder tudo o que conquistaram profissionalmente. Mas chega uma hora que a bomba relógio explode, ai é sexo na parede, fofurices, brigas, sexo na mesa, mais brigas, mais fofurices, altas risadas dos leitores, mais sexo e mais fofurices.

“O cronograma deles para o primeiro resultado é um pouco ambici...- parei no meio da frase, com meu ar preso na garganta. A mão dele pressionou gentilmente a parte de baixo das minhas costas e então começou a descer até parar na curva da minha bunda. Nos nove meses em que trabalhamos juntos, ele nunca havia me tocado intencionalmente. E naquele momento fora definitivamente intencional." 


Ambos não sabem como encarar essa relação, mas se envolvem e por mais que tentem não conseguem se afastar e nem mesmo assumir o que sentem. Mas vão precisar tomar uma decisão ou terão realmente muito a perder! Não se encontra um amor verdadeiro em cada esquina não é mesmo?

“Ao ouvir aquelas palavras, eu não me importei com mais nada: onde estávamos, quem éramos ou o que sentíamos um pelo outro. Nunca em minha vida eu sentira química tão forte com alguém. Quando estávamos juntos daquela maneira, nada mais importava.” 


Um romance clichê e simples, mas muito bem escrito e que conquista o leitor pelos personagens e pelo bom humor. Não espere uma trama elaborada, mas eu não senti nenhuma falta. 

E por mais que Bennet seja um homem cheio de si e cheio de charme ele não é um homem sem vergonha, sem moral... Acredite, ele é sexy, fofo, sem traumas e sabe o que quer. E não é daqueles homens que saem com qualquer rabo de saia, mesmo que tenha uma fila de mulheres interessadas. 

E Chloe não é daquelas meninas chatas, sonsas, traumatizadas e até sem sal que descobrem que gostam de algemas, chicote e muitos e muitos tapas durante a transa. Ela é uma mulher bonita sim, mas comum, podendo ser qualquer garota alegre e que luta por seus sonhos e por sua carreira, sabendo o que é certo e o que é errado. Isso faz dela especial nesse mundo da literatura erótica!




A narrativa é em primeira pessoa alternando entre o ponto de vista de Chloe e de Bennet. Isso deixa o leitor seguro sobre como pensam e se sentem os personagens principais. Em nenhum momento você vai duvidar do que Chloe sente por Bennet ou do que Bennet sente por Chloe! Um casal perfeito! Feitos um para o outro! 

Ah, antes que eu me esqueça... Nunca mais você irá entrar em uma loja de lingerie sem pensar em várias cenas do livro e rir ao lembrar-se do vício preferido de Bennet com Chloe!

1 comentários:

Paloma Casali disse...

Cada resenha que eu leio sobre esse livro eu tenho mais certeza que tenho que lê-lo hahahaha
está na estante esperando o momento dele aahahahah
parabéns pela resenha!
beijos

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ILUSÕES!

 
Copyright 2009 Ilusões Noturnas