terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Resenha: Sedução Ao Amanhecer - Lisa Kleypas - Editora Arqueiro



Sedução Ao Amanhecer
Autora: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Categoria: Romance de Época
ISBN: 978-85-8041-165-2
256 páginas
1ª Edição - 2013


Sinopse


O cigano Kev Merripen é apaixonado pela bela e bem-educada Win Hathaway desde que a família dela o salvou da morte e o acolheu, quando era apenas um menino. Com o tempo, Kev se tornou um homem forte e atraente, mas ainda se recusa a assumir seus sentimentos por medo de que sua origem obscura e seus instintos selvagens prejudiquem a delicada Win. Ela tem a saúde fragilizada desde que contraiu escarlatina, num surto que varreu a cidade. Sua única chance de recuperação é ir à Franca, para um tratamento com o famoso e bem-sucedido Dr. Harrow. Enquanto Win está fora, Kev se dedica a coordenar os trabalhos de reconstrução da propriedade da família, em Hampshire, transformando-se num respeitável administrador, mas também num homem ainda mais contido e severo. Anos depois, Win retorna, restabelecida, mais bonita do que nunca... e acompanhada por seu médico, um cavalheiro sedutor que demonstra um óbvio interesse por ela e desperta o ciúme arrebatado de Kev. Será que Win conseguirá enxergar por baixo da couraça de Kev o homem que um dia conheceu e tanto admirou? E será que o teimoso cigano terá coragem de confrontar um perigoso segredo do passado para não perder a mulher da sua vida?


Minhas Impressões


“Sedução Ao Amanhecer” é um romance de época da autora Lisa Kleypas e é o segundo volume da série “Os Hathaways”. Você pode conferir a resenha do primeiro volume, “Desejo À Meia-Noite”, neste LINK.

Os romances desta série são ambientados em Londres, século XIX. Narrados em 3º pessoa os livros desta série nos apresentam a família Hathaway e como cada um de seus membros acabam encontrando o amor. Amelia, Win, Poppy, Leo e Beatriz são irmãos e formam uma família bem fora dos padrões londrinos da época. Nesse volume iremos conhecer mais desta família adorável e, principalmente, vamos acompanhar como Win e Merripen se entregam ao amor que sentem um pelo outro desde muito jovens.

Win é uma jovem bela e delicada portadora de uma saúde frágil desde que sofreu de uma doença chamada escarlatina. Ela vivia praticamente presa à cama, não podendo usufruir de sua juventude e nem lutar por seus sonhos e desejos. Ela sempre foi apaixonada por Merripen e o maior desejo desta jovem é se curar totalmente, restabelecer a saúde perfeita, para poder conquistar o homem que ama.

Kev Merripen é um cigano que foi acolhido pela família Hathaway quando ainda era um menino. Ele foi abandonado por sua tribo, ferido, durante um conflito entre ciganos e gadjos (não ciganos). Possui uma personalidade forte, reclusa e atormentada por conta de seu sombrio passado, mas é fiel a família que o acolheu. Kev é um homem forte, bonito e seu jeito recluso e sombrio confere ao personagem um inesgotável charme. Ele também é apaixonado por Win desde que foi acolhido pela família, porém seu passado, a saúde frágil da garota e outros obstáculos fizeram com que esse segredo fosse guardado dentro de seu coração a sete chaves.

Logo no início deste livro vamos acompanhar a narrativa de um rápido flashback que nos mostrará com detalhes como foi a infância de Merripen e a chegada dele na família Hathaway, como foi o período em que Win esteve doente e como era a relação e os sentimentos entre Win e Merripen. A narrativa em 3º pessoa usada pela autora e o texto bem descritivo (sem ser cansativo) facilita muito ao leitor analisar e entender cada personagem da obra.

Após o desfecho dos acontecimentos narrados no primeiro livro, a família Hathaway tem a possibilidade de enviar Win, acompanhada de Leo, para uma clínica na França. Um jovem médico, dono desta clínica, tem conseguido grandes avanços em pacientes com a saúde comprometida e debilitada por conta de alguma forte doença, como era o caso de Win.

Após dois anos Win retorna da França totalmente curada e acompanhada de Julian Harrow, o jovem médico que a curou. Harrow vem para a Inglaterra com Leo e Win porque quer cortejar e estreitar os laços com sua paciente.

Kev está um pouco mudado e totalmente decidido a se manter afastado de Win, para que ela possa arranjar um bom casamento, um homem digno e de posição, que é o mínimo que uma dama como ela merece.





A partir deste ponto muita coisa vai acontecer, muitos segredos vão ser desvendados e muitas cenas românticas, sensuais e quentes irão aquecer o coração das leitoras. Sem contar que a autora continua explorando de maneira formidável o universo cigano, seus costumes e vocabulário próprio. Inserindo o preconceito social ao enredo do livro, muito comum na sociedade londrina da época.

Outro aspecto interessante é que apesar de cada livro ser de um casal específico os demais personagens não ficam de fora e são explorados de maneira equilibrada e eficaz. O casal do primeiro livro, Amelia e Cam, aparecem com frequência neste livro, assim como os demais irmãos de Win!

O humor refinado presente no primeiro livro está mais notável ainda neste segundo livro. Leo Hathaway mostra suas características mais sedutoras e demonstra ser dono de uma personalidade leve. O irmão mais velho dos Hathaways é charmoso, sedutor e completamente irônico, sarcástico e muito bem humorado. Preciso dizer que estou encantada com Leo e ansiosa para conhecer sua história mais a fundo no livro dedicado a ele? Mas terei que ser paciente, porque antes do livro dele, que é o quarto, teremos o livro da Poppy, a irmã do meio. Mas acho que sei quem será o par de Leo e até já formulei em minha mente algumas suposições quanto ao drama da personagem que provavelmente irá colocar Leo na linha e ao mesmo tempo mais fora dela ainda!

Adorei “Sedução ao Amanhecer”! Ágil, doce, encantador, leve e quente do início ao fim. Final interessante e inesperado. Confesso que não esperava tal desfecho, não tão já! O que é, a meu ver, excelente! Estou curiosa de saber como a autora vai conduzir a série a partir de agora e o rumo que vai dar aos personagens e seus dramas. Preciso correr e colocar a leitura em dia.

Indicado para todos que gostam de um romance, principalmente de um romance de época, ambientado no período da regência. Bem escrito, uma agradável leitura que garante romance, sensualidade, drama e humor na medida certa!

E mais uma vez parabéns a editora Arqueiro que continua impecável com relação à tradução, revisão e arte gráfica.

3 comentários:

Gih Pinheiro disse...

Cada vez que leio uma resenha a respeito dessa série fico ainda com mais vontade de ler os livros dela. Adorei seu post e já coloquei o livro na lista, para eu não esquecer de comprar. Estou simplesmente encantada e nem nem li o primeiro ainda! kk
beijos

http://www.gkastmaker.blogspot.com.br/

Bibi Santos disse...

Essa série é muitooooooooo boa;

Paloma Casali disse...

amo amo amoooo essa série...queria que não acabasse nunca :/

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ILUSÕES!

 
Copyright 2009 Ilusões Noturnas