terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

IN no Cinema: Minhas Cinquenta Opiniões Sobre Mr. Grey


 
Cinquenta Tons de Cinza
Lançamento: 12 de fevereiro de 2015
Elenco: Jamie Dornan, Dakota Johnson
Direção: Sam Taylor-Johnson
Gênero: Romance, Drama, Erótico
Duração: 125 min.
Distribuidora: Universal Pictures
Classificação: 16 Anos


Sinopse
 
 
Anastasia Steele (Dakota Johnson) é uma estudante de literatura de 21 anos, recatada e virgem. Uma dia ela deve entrevistar para o jornal da faculdade o poderoso magnata Christian Grey (Jamie Dornan). Nasce uma complexa relação entre ambos: com a descoberta amorosa e sexual, Anastasia conhece os prazeres do sadomasoquismo, tornando-se o objeto de submissão do sádico Grey.


Minhas Impressões

 
Pela segunda vez em minha vida o filme é melhor que o livro. O filme é ótimo? Não... O filme é bom? Quase! Um homem no cinema acompanhando a namorada soltou ao final do filme: Que filme merda!

Ele não está errado... Mas também não está certo... Apenas diz isso porque não leu o livro. Se tivesse lido talvez dissesse: Porra, conseguiram um milagre. O filme não é bom, mas o livro é cem vezes pior.

Dornan é lindo, ficou bem de Grey, mas não é um bom ator. Dakota me surpreendeu! Anastácia perfeita, muito diferente da do livro. Uma Anastácia doce, de opinião e apaixonada. E o mais importante, sem a consciência da Ana e sem a maldita deusa interior. Grey apresentado como um homem que não sorri, doente, mimado, birrento... Exatamente como eu sempre falei!!! Mas ainda assim um homem bonito, judiado, treinado pelo seu início de vida e pela primeira amante que teve a ser assim... Mas a Anastácia do filme ( não a do livro) é capaz de mudar esse homem. Amei a mãe do Grey e amei ainda mais a amiga da Ana.

Então sim... Gostei do filme, porque me fez pensar e perceber coisas que a péssima escrita da James não me permitiu. Mas as mudanças na adaptação do roteiro foram primordiais para essa minha conclusão. Anastácia se apaixonou e pagou o preço. As lágrimas derramadas na bancada de palmadas, todas as respostas atrevidas dela para o Grey e a beleza do Dornan valeram meu ingresso.
 
 


A censura do filme eu achei adequada. Cenas de sexo na medida, afinal eu estava indo ao cinema tradicional e não em um cinema pornô. Classifico o filme como um romance/drama. Ah, cenas divertidas acrescentaram ainda mais ao enredo. Mas foi o drama, a forma como apresentam Grey e seu falso BDSM (porque no caso dele sempre foi uma psicopatia, na minha opinião.) e espetacular atuação de Dakota que me ganharam.
 
 

 
Considero minha relação com Sr. Grey finalmente bem resolvida. Ainda assim não queria um Grey na minha vida, mas Anastácia é muito corajosa. Só uma mulher apaixonada para encarar tal situação. E a diretora foi fantástica, sua adaptação trouxe leveza, drama, comédia e romance. Quatro estrelas!
 
 
 

12 comentários:

Fernanda Oliveira disse...

O filme é fraco. James Dornan é absurdamente lindo, mas é péssimo ator. Dakota é feinha, mas atua direitinho. Um livro sobre sexo e com censura 18 anos foi transformado num filme romântico de censura 16 anos. Perdeu-se muito da essência da história. Achei desnecessário o excesso de cenas mostrando os seios da Dakota e aqueles pelos pubianos assustadores, quando pouco vimos a adorável bunda do Mr. Grey! Foi apenas mais um filme adaptado nas coxas com base em um livro de sucesso!

Gel Borges disse...

Oi Gabi, Adorei suas impressões!
Eu gostei muito do filme.
A Dakota me surpreendeu e o Jamie só precisa melhorar um pouquinho, embora que no livro o Grey é travado mesmo.
Achei a adaptação muito fiel ao livro, sei que não é livro para o Oscar, mas achei de muito bom gosto no geral.
O filme já me ganhou quando não me impôs a Deusa interior da Anastacia... affs!
Ansiosa pelo próximo e com certeza irei assistir novamente!
Beijos e até a próxima!

kênia Candido disse...

Oi Gabi,
Gostei muito da sua opinião sobre o filme. Quando comprei os livros eu já tinha lido tantas criticas positivas e negativas que quase deixei de lado a trilogia. Mas tomei coragem, li e para tirar minhas próprias conclusões a respeito da história. Agora com o filme está sendo a mesma maneira, já li várias criticas positivas e negativas sobre o filme que cheguei ficar dividida, mas pretendo ir no cinema assistir a adaptação por que quero tirar minhas próprias conclusões novamente mesmo sabendo a história.
Bjos

paros28 disse...

Então milagres acontecem????? Já imaginava que o filme seria melhor que o livro, até porque pior que o livro não tinha como ficar, somente se o diretor fosse um Ed Wood da vida kkkkkk. Mas não pago para ir ao cinema, mesmo com qualidade "bom" do filme. Vou esperar sair no Telecine ou na HBO.

Paloma Casali disse...

Adooorei, Gabi!
concordo em quase tudo com vc!
mas eu gostei do filme hahahahahha
achei que a Ana do filme é mais legal do que a do livro, pois acho que ela incorporou a Deusa interior e o subconsciente....misturando tudo deu algo engraçado, ao invés de termos que lidar com 3 Anas cansativas, fizeram um mix...qq ficou bem pegal.
adorei suas opiniões.
Bjs

Paloma Casali disse...

Ps: não achei o Jamie Dornan ruim n. Eu gostei. Lembremos que ele é fechado e talz.

Laisa Ricestoker disse...

Vi
Amei

Patthy Carla disse...

Amiga, fui ver o filme domingo à noite. Ao contrário de vc, gostei bem mais do livro (do pouco q li já q comecei no dia seguinte. O casal ficou perfeito. Grey é impactante e mto atraente já Ana é doce e delicada. Digo isso dos atores Jamie Dorman é lindo p/ caramba e Dakota Johnson é uma fofurinha, parece boneca. Gosto do livro pq ele me lembra aqueles romances de banca de jornal só q 50 Tons de Cinza já vem carregado c/ mta pimenta malagueta. Ele aguça a imaginação e mexe com os sentidos. No filme faltou explorar mais do poder de sedução de Grey, seu caráter dominador, mostrando de forma mais clara essa diferença entre eles. E faltou Ana narrar a história (ou pelo menos os pensamentos dela em Grey) A ausência dessa narrativa "matou" o roteiro mas claro q isso é uma questão de gosto.

thaila oliveira disse...

oi flor, eu li os três livros e fui ver o filme na última segunda, gostei bastante da adaptação, claro que há cortes e tal, mas manteve a essência! a minha amiga, que foi comigo e nada sabia da história, odiou o jeito
Grey de ser, todo mandão e possessivo, mas conversando após a sessão consegui fazê-la compreender mais da trama, do enredo geral. O sexo é o sexo, intenso e carnal, transparecendo tanto na tela quanto nas páginas.
dentro da proposta e das minhas expectativas sai da sessão satisfeita
http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

Biazinha disse...

Resenha fervorosa e apaixonada,apesa de você não ser fã do livro,goste,demarcou perfeitamente todas as suas opiniões e concordo com algumas delas,achei o Grey muito superficial no filme,o personagem é mais profundo,mas gostei dele no papel, e a Dakota arrasou mesmo.

Agora vamos aguardar o segundo filme.

bjss

Apaixonadas por Livros

Ge Leali disse...

Eu gostei do filme, embora achei o ator meio fraquinho!
Fiquei curiosa pra ver o filme 2 e ler os livros pra tirar outra opinião!

Aline Sproesser disse...

Não assisti, mas a vontade não falta!! 👏

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ILUSÕES!

 
Copyright 2009 Ilusões Noturnas