quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Resenha: O Melhor de Mim - Nicholas Sparks - Editora Arqueiro



O Melhor de Mim
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Categoria: Romance
ISBN: 978-85-8041-334-2
272 Páginas
2º Edição – 2014


Sinopse


Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável. Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois. Seguindo as instruções de cartas deixadas por Tuck, o casal redescobrirá sentimentos sufocados há décadas. Após tanto tempo afastados, Amanda e Dawson irão perceber que não tiveram a vida que esperavam e que nunca conseguiram esquecer o primeiro amor. Um único fim de semana juntos e talvez seus destinos mudem para sempre. Num romance envolvente, Nicholas Sparks mostra toda a sua habilidade de contador de histórias e reafirma que o amor é a força mais poderosa do Universo - e que, quando duas pessoas se amam, nem a distância nem o tempo podem separá-las.


Minhas Impressões


Dawson Cole e Amanda Collier se conheceram e se apaixonaram durante a adolescência na pequena cidade de Oriental onde moravam. 

Dawson pertencia a uma família de criminosos de Oriental, porém desde pequeno demonstrava não ter a índole de um bandido. Sofreu muito nas mãos de seu pai e de seus primos Abbe e Ted. Amanda vinha de uma família tradicional e sempre teve tudo do bom e do melhor, mas não tinha a liberdade de escolha e isso a sufocava. 

Dawson e Amanda eram diferentes e ao mesmo tempo muito parecidos! Eles completavam-se, entendiam-se e apoiavam-se. Vivenciavam um amor puro, maduro e lindo! Tão maduro que Dawson foi capaz de se afastar de Amanda para dar a ela uma oportunidade de ter uma família que ele não se julgava capaz de construir. 

Até Dawson conseguir se libertar de sua família e da cidade de Oriental ele sofreu muitas coisas, passou por muitas provações, abusos e até para a cadeia, injustamente, ele foi. Mas em meio a isso tudo encontrou um amigo, Tuck. 

Tuck era um mecânico da cidade e também tinha sua história, sua experiência. E ao longo do livro iremos conhecer um pouco mais deste sujeito que abrigou e deu trabalho para Dawson, dando a ele uma oportunidade de vida. 

Dawson e Amanda seguiram seus caminhos, separados... Amanda foi para a faculdade, se casou e teve filhos. Dawson viveu da maneira que achava certo, de acordo com seus sentimentos. Dawson foi embora da cidade de Oriental e mais adiante começou a trabalhar em uma plataforma de petróleo e levava uma vida solitária. 

O tempo passou... 25 anos se passaram e o destino uniu Dawson e Amanda novamente. Tuck acaba falecendo e deixa com seu advogado instruções, entre elas uma que exige a presença de Dawson e Amanda. 

Dawson tinha certo receio de voltar para Oriental. Porque apesar de a cidade ter sido palco de seu grande e verdadeiro amor, lá habitavam seus inimigos, a sua família... Abbe e Ted estão sedentos por vingança e não irão deixar uma oportunidade como essa passar batida. 

Dawson e Amanda se reencontram e descobrem que nunca deixaram de se amar! Digamos que Dawson a Amanda apenas sobreviveram a esse tempo em que estiveram separados. Nunca tiveram uma vida feliz e plena de fato... Cada um por seus motivos... 

Mas tanto tempo acabou modificando Amanda e Dawson, só não modificou o amor, o carinho e o respeito que tinham um pelo outro. Eles não podiam recomeçar de onde pararam há 25 anos, mas também não iriam conseguir abafar os sentimentos. 

Em meio a essa linda história de amor existe um mistério, algo mais forte que tudo e que todos. Um mistério que me fez questionar até onde podemos fugir de nosso destino e de nossas vidas. Será que apenas nós somos responsáveis pelo nosso futuro? 

Será que agora, mesmo com todos os obstáculos, Dawson e Amanda conseguiriam viver esse amor? 

Uma coisa é certa... Dawson e Amanda se amaram e sempre irão se amar, mesmo com tantos obstáculos. E esse final de semana que irão passar junto mudará para sempre a vida dos dois. Porém Dawson e Amanda, de um jeito ou de outro, sempre continuarão juntos. 

A trama foi narrada em 3º pessoa, pelo ponto de vista de Dawson e Amanda. Mas esse tipo de narrativa nos permite aprofundar um pouco na vida e nas características inclusive dos personagens secundários. 

Leitura super-recomendada para os românticos de plantão! Um livro leve, mas profundo! Que nos faz refletir sobre vários aspectos da vida e do destino!



* LEMBRANDO QUE A PRIMEIRA EDIÇÃO DE "O MELHOR DE MIM" PUBLICADO PELA EDITORA ARQUEIRO ENCONTRA-SE ESGOTADA. A SEGUNDA EDIÇÃO COM CAPA DO FILME SERÁ LANÇADA EM 06/10/2014 E FILME TAMBÉM ESTREIA NOS CINEMAS EM OUTUBRO DE 2014!


3 comentários:

Sandra Fonseca disse...

Eu tenho um caso de amor e ódio com Nicholas Spark.. Mas gostei muito da resenha vou ler..

Lia Christo disse...

Oi Gabi, eu sinto pelo Nicolas o mesmo que a Sandra comentou... Tem livros dele que amo e tem outros que não gosto. Muitas vezes detesto os finais que ele coloca em seus livros. Mas, não posso deixar de dizer que ele escreve bem, que coloca muito sentimento em sua escrita, e que a maioria dos seus textos são bem críveis e realistas. Por, isso sempre vale a pena conferir seus livros.
Acho que tenho este livro lá em casa, na edição anterior, mas ainda não me animei para ler. Quem sabe agora que vem o filme por aí, eu não dou um jeito de conferir esta história que te encantou tanto?
Ótima resenha como sempre amiga.
Bjus
Lia Christo
www.docesletras.com.br

Biazinha disse...

Oi Gabi,eu amo os livros do titio Nicholas,mesmo sabendo que irei derramar um mar de lágrimas,e as vezes acho que é por isso mesmo que leio.

Amei a resenha e me deu uma super vontade de ler,essa coisa de amores do passado que nunca morrem,casais que voltam a ficar juntos depois de muito tempo,o verdadeiro amor que nunca morre... ai dá vontade de suspirar...

Parabéns pela resenha, me cativou completamente.....

bjsss

Apaixonadas por Livros

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ILUSÕES!

 
Copyright 2009 Ilusões Noturnas