sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Resenha: Crepúsculo - Stephenie Meyer - Editora Intrínseca



Crepúsculo
Autora: Sthephenie Meyer
Editora: Intrínseca
Categoria: Romance/Fantasia
ISBN: 978-85-980-7830-4
416 Páginas
1º Edição – 2008


Sinopse

Quando Isabella Swan se muda para a melancólica cidade de Forks e conhece o misterioso e atraente Edward Cullen, sua vida dá uma guinada emocionante e apavorante. Com corpo de atleta, olhos dourados, vez hipnótica e dons sobrenaturais, Edward é ao mesmo tempo irresistível e impenetrável. Até então, ele tem conseguido ocultar sua verdadeira identidade, mas Bella está decidida a descobrir seu segredo sombrio.





Nunca fui fã de histórias de amor, então é de se imaginar que minha infância e pré-adolescência foram marcadas, dentre outras coisas, por minha aversão à Crepúsculo. E isto foi ainda mais agravado pelo fato da série de livros de Stephenie Meyer vir em meio a uma era - no que diz respeito as minhas leituras - de volumes young adult que eu considerava mais interessantes, como Harry Potter, Percy Jackson e Jogos Vorazes. Porém nunca neguei que a aventura vampiresca era um marco da cultura pop do início deste século. E foi justamente isto o que me motivou a reassistir a saga no mês passado.

Cinco filmes e milhares de execuções de “Decode” no Spotify depois, resolvi tirar minha cópia de Crepúsculo que havia comprado aos 11 anos da estante, e dar uma segunda chance ao mesmo. Porém, dessa vez, tentei lê-lo sob a ótica de uma adolescente, e posso afirmar uma coisa: muita coisa fez sentido depois disso. Meyer sabia a quem queria atingir com essa história, por isso a desenvolveu de forma simples, com diálogos e narrações curtas – um pouco corridas e repetitivas para o meu gosto, mas aí me lembrei que eu havia me comprometido a ser uma garota de 14 anos ao folhear aquelas páginas e precisei relevar estes pontos.

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Resenha: Império das Tomentas - Jon Skovron - Editora Arqueiro




Império das Tormentas
Autor: Jon Skovron
Editora: Arqueiro
Categoria: Aventura,Fantasia
365 Páginas
1ª Edição - 2018




Sinopse:


Em um império fragmentado, circundado por mares selvagens, dois jovens de culturas diferentes se unem por uma causa comum.

Uma menina de 8 anos é a única sobrevivente do massacre de sua vila por biomantes, uma das mais poderosas forças do imperador. Batizada com o nome de seu vilarejo para nunca se esquecer do que perdeu, Bleak Hope é treinada em segredo por um mestre guerreiro para se tornar um instrumento de vingança.

Um estranho garoto de olhos vermelhos fica órfão nas esquálidas e sujas ruas de Nova Laven, mas é adotado pela pior pessoa que o destino poderia lhe apresentar: Sadie Cabra, uma das criminosas mais infames do submundo. Batizado como Red, ele é treinado para ser um exímio atirador de facas - além de ladrão, mentiroso e trapaceiro.

Quando um senhor do crime estabelece um acordo de poder com biomantes para tomar o controle do submundo de Nova Laven em troca da miséria da população, as histórias de Hope e Red finalmente se cruzam. Seja por honra ou vingança, essa improvável aliança os levará para a maior batalha da vida deles.

Jon Skovron marca aqui o início da trilogia Império das Tormentas, uma fantasia embalada por uma espadachim habilidosa, piratas, vigaristas, jogos de poder e revolução.






Surpreendente é a palavra que define O império das Tormentas. Um livro que se inicia de forma lenta e a cada página nos introduz em um novo mundo de fantasia com um dialeto próprio, piratas, jogo sujo, malandragem e os personagens principais foram bem elaborados com personalidades distintas, mas complementares, fato que contribuiu para 

Bleak Hope é uma garota que teve seu vilarejo destruído pelos Biomentes, fúncionarios da coroa que utilizam de magia e química para obter poder, sendo a única sobrevivente da tragédia utiliza da sua inteligência para se esconder dentro de um navio pirata que se aproximou da ilha semanas após o acontecido. Ao ser avisado sobre a visitante o capitão Sin Toa resolve proteger a menina de 8 anos e entregá-la a ordem dos Vinchen, homens que vivem como monges e  são excelentes guerreiros, o grão mestre Hurlo se torna o seu tutor e a ensina artes marciais.

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Resenha:O duelo dos imortais - Collen Houck -Editora Arqueiro



O Duelo dos imortais
Autora: Colleen Houck
Editora: Arqueiro
Ano de lançamento: 2017
112 Páginas
ISBN: 9788580417210
Gênero: Mitologia , Aventura.
1ª Edição - 2017

Sinopse

Quem são os deuses que regem os caminhos e descaminhos de Amon e Lily, os corajosos heróis da série Deuses do Egito? Por que esses deuses tramam conquistas e vinganças, envolvendo a humanidade em suas maquinações? E por que deixam nos ombros de alguns jovens mortais a responsabilidade pela salvação do mundo?

Antes que Lily e Amon se encontrassem, antes mesmo que o caos dominasse o cosmos e os deuses precisassem de três irmãos corajosos para combater o mal, muita coisa já estava em jogo. Em O duelo dos imortais, vamos conhecer a história dos quatro irmãos que assistiam, com seus poderes especiais, o grande Amon-Rá no governo da Terra:
Osíris, o generoso deus da agricultura, que ajuda os mortais a crescer e prosperar em seu ambiente natural.

Ísis, a linda deusa da criação, que promove a saúde e o bem-estar.

Néftis, a doce vidente, que mantém o equilíbrio entre os seres vivos e o universo.

E por último Seth, o mais jovem, que cresceu desprovido de poderes e desprezado por todos.

Quando, finalmente, os poderes de Seth se manifestam, que efeito sobre a humanidade terá a perigosa mistura de uma infância marcada pela rejeição, uma intensa paixão não correspondida e o incrível poder de desfazer coisas, pessoas... e até deuses?

Romance, traição e vingança são os fios que tecem esta trama surpreendente, cujos personagens imortais despertam em nós os mais profundos sentimentos.





O livro percurso da saga deuses do olimpo conhecemos os irmãos imortais Osíris, Amon-Rá, Ísis, Néftis e Seth. Seth é o irmão mais novo e sempre viveu a sombra dos seus  irmãos poderosos que descobriram seus poderes desde muito cedo, ao contrário dele que chegou a duvidar da existência das suas habilidades, mas quando foram descobertas haviam se passados séculos afastado da sua família e nutria um sentimento de inferioridade, por isso queria provar a todos que ele era mais poderoso que os outros e queria criar um novo equilíbrio para o mundo.


Seth antes de começar sua busca pelo poder queria conquistar o amor da deusa Ísis, porém não é correspondido, pois ela é perdidamente apaixonada por outro deus e Seth inicia uma guerra em busca de vingança.

A leitura do livro é rápida e me fez lembrar muitas vezes da escrita do autor Rick Riordan. Gostei do modo como autora brinca com os pontos de vista e da forma simples de descrever as cenas e os personagens mostrando as suas personalidades e desejos, não os diferenciando dos humanos.

Mesmo sendo bem curta a história passa uma mensagem muito interessante sobre como se deve tratar os indivíduos, porque nunca sabemos do que eles são capazes para mostrar quanto são importantes.


Até a próxima resenha!




 
Copyright 2009 Ilusões Noturnas