quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Resenha: Ligeiramente Seduzidos - Mary Balogh - Editora Arqueiro


Ligeiramente Seduzidos
Autora: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Categoria: Romance de Época
ISBN: 9788580415469 
288 Páginas
1ª Edição - 2016


Sinopse


Jovem, estonteante e nascida em berço de ouro. É apenas isso que Gervase Ashford, o conde de Rosthorn, enxerga em Morgan Bedwyn quando a conhece, num dos bailes da alta sociedade inglesa em Bruxelas. 

Em circunstâncias normais, ele não olharia para ela duas vezes – prefere mulheres mais velhas e experientes. Porém, ao saber que Morgan é irmã de Wulfric Bedwyn, a quem Gervase culpa pelos nove anos que passou longe da Inglaterra, decide que ela é o instrumento perfeito para satisfazer seu desejo de vingança. 

Mas Morgan, apesar de jovem e inocente, também é independente e voluntariosa e, assim que entende as intenções do conde, se prepara para virar o jogo e deixar claro que não se deixará manipular por ninguém. 

Em Ligeiramente seduzidos, quarto livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos brinda com mais uma história fascinante. Em uma trama repleta de traição e vingança, escândalo e sedução, ela mostra que o caminho para o amor pode ser difícil, mas que a recompensa faz cada passo valer a pena.





É claro que, como nos livros anteriores, Mary Balogh deu um show em Ligeiramente Seduzidos.

A história envolve uma trama toda especial de vingança, amor e desconstrução de imagens preconcebidas, tanto dos personagens principais, quanto dos secundários. Ele: excluído do seu seio familiar, do seu lar, do seu país por causa de um mal entendido; Ela: a caçula da família, criada em berço de ouro e mimada por todos.


"No início era apenas vingança, mas se tornou uma irresistível paixão." - Capa


O livro se passa no período da guerra entre a Inglaterra e França; com isso Gervase e Morgan têm experiências únicas que os fazem amadurecer e os tornam mais humanos durante as suas caminhadas.

Cada um começa a sua ligação com o outro com um objetivo, o que com o curso da história acaba mudando para ambos. A história passa por algumas fases e cada uma tem sua peculiaridade.

Lógico que não poderia faltar um noivado inusitado, vez que Mary adora e a série é permeada desse tipo de noivado que é o ponta pé inicial para os romances mais lindos.

Em resumo, a história é EXCELENTE, os personagens cativantes e lindos, e o romance intenso e verdadeiro (apesar de uma das partes da história).


"- Quantos ano você tem, chérie? 18 ou 80?
- Passei grande parte do tempo sozinha - explicou ela. - Posso não ter muita experiência de vida, mas compreendo certas coisas.
Ela era uma Bedwyn sem tirar nem pôr - ousada, pouco convencional, não se deixava intimidar por nada nem ninguém, nem pela própria vida. Mas também era diferente dos seus. Sempre soubera disso. Havia um lado solitário, místico, em sua natureza que Morgan raramente revelava às pessoas." - P.230

Ahh... impossível não falar que além de ter muito romance, aventura, confusão, temos suspense também: afinal, cadê Alleyne??? ESTOU MORRENDO DE CURIOSIDADE PELO PRÓXIMO LIVROS!!!

Não deixe de conferir as resenhas dos outros títulos da série:


Beijos e até a próxima!



1 comentários:

thaila oliveira disse...

a capa é linda e eu adorei a história, porque estava super curiosa pelo enredo, pelos personagens, enfim por tudo!!!
eu adoro nos livros da Balogh é essa questão da mescla de fatos reais e ficcionais, afinal a batalha de Waterloo em si é histórica e quantos homens e mulheres não sofreram as consequências dessa peleja?
o romance em si, para mim é um primor

http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ILUSÕES!

 
Copyright 2009 Ilusões Noturnas