segunda-feira, 7 de março de 2016

Resenha: A Outra Face - Sidney Sheldon - Editora Record



A Outra Face
Autor: Sidney Sheldon
Editora: Record
Categoria: Suspense
ISBN: 0-446-34191-6
 251 Páginas
1º Edição – 1971


Sinopse

O livro conta a história de Judd Stevens. Psicanalista bem-sucedido, ele vê-se subitamente imerso numa rede de intrigas que pode lhe custar a liberdade... E a vida. Duas pessoas de seu círculo pessoal foram assassinadas. Terá sido obra de algum de seus pacientes? Entre os suspeitos estão uma atriz decadente e ninfomaníaca, um pai de família com tendências homossexuais, um empresário neurótico e uma jovem misteriosa. Ou, quem sabe, seria o assassino o próprio Dr. Stevens?






Como falar de um livro com uma trama que envolve o leitor do início ao fim?

Este é o primeiro livro da carreira de Sidney Sheldon, e o primeiro livro dele que eu li. Confesso que fiquei com medo de me decepcionar, pois minhas expectativas estavam altas depois de tudo que li e ouvi sobre a obra e o autor. Porém, para minha felicidade, as expectativas foram correspondidas e superadas a cada página.

Desde o início o autor mostra a sua sagacidade. Como fui perceber em outras obras de Sheldon, ele gosta de “brincar” com a mente humana, sua diversidade e seus limites. Nesta obra em especial – talvez pelo fato de envolver psicanálise na trama – esta característica é bem acentuada, não só nos personagens, mas na tensão presente em todo o romance.


A história é desencadeada pela morte de um dos pacientes do Dr. Stevens. Partindo disso, os perfis são introduzidos, e o leitor passa a ter uma determinada perspectiva da história. As diferentes personalidades dos policiais McGreavy e Angeli, o mistério que ronda Anne Blake (a “garota misteriosa”) e a dubiedade que ronda o próprio Stevens são exemplos disso. Questões sociais como o racismo são levantadas, mas apenas como plano de fundo para a personificação imediata das peças da história.

À medida que a trama se desenvolve, o leitor passa a ter uma única certeza: ele não sabe de nada. A visão que ele tinha no início da história passa a ser questionada a todos os momentos, e alguns estereótipos são extremamente reforçados... Apenas para serem desmontados no impressionante clímax. A tensão, que já era forte, apenas aumenta, até o surpreendente final.

A Outra Face é um daqueles suspenses de tirar o fôlego, feito para aqueles que apreciam uma história conduzida com maestria, capaz de seduzir às primeiras palavras e manter a expectativa até as últimas.

Espero que apreciem a leitura, e até a próxima resenha!
                                               




0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ILUSÕES!

 
Copyright 2009 Ilusões Noturnas