segunda-feira, 16 de março de 2015

Resenha: A Rainha Normanda - Patricia Bracewell - Editora Arqueiro



A Rainha Normanda
Autora: Patrica Bracewell
Editora: Arqueiro
Categoria: Histórico, Romance, Drama
ISBN: 978-85-8041-377-9
400 Páginas
1ª Edição - 2015


Sinopse

Em 1002, Emma da Normandia, uma nobre de apenas 15 anos, atravessa o Mar Estreito para se casar. O homem destinado a ser seu marido é o poderoso rei da Inglaterra, Æthelred II, muito mais velho que ela e já pai de vários filhos. A primeira vez que ela o vê é à porta da catedral, no dia da cerimônia.

Assim, de uma hora para outra, Emma se torna parte de uma corte traiçoeira, presa a um marido temperamental e bruto, que não confia nela. Além disso, está cercada de enteados que se ressentem de sua presença e é obrigada a lidar com uma rival muito envolvente que cobiça tanto seu marido quanto sua coroa.

Determinada a vencer seus adversários, Emma forja alianças com pessoas influentes na corte e conquista a afeição do povo inglês. Mas o despertar de seu amor por um homem que não é seu marido e a iminente ameaça de uma invasão viking colocam em perigo sua posição como rainha e sua própria vida.

Baseado em acontecimentos reais registrados na Crônica Anglo-saxã, A Rainha Normanda conduz o leitor por um período histórico fascinante e esquecido, no qual fantasmas vigiam os salões do poder, a mão de Deus está presente em cada ação e a morte é uma ameaça sempre à espreita.

Governando na época compreendida entre o rei Artur e a rainha Elisabeth I, a rainha Emma é uma heroína inesquecível cuja luta para encontrar seu lugar no mundo continua fascinante até hoje.


Minhas Impressões

"Patricia Bracewell enriquece o gênero da ficção histórica com um livro altamente interessante." - Publisher´s Weekly

Depois que acabei minha leitura, fiquei bastante triste por não ter o 2º livro ainda. A Rainha Normanda é uma estória única, com um enredo que prende o leitor da primeira página à última e deixa com gostinho de quero mais, além de a escrita ser impecável!!!

Como mostra a sinopse, Emma, uma menina que viu apenas 15 invernos (como eles dizem no livro), torna-se rainha de um grande reino, a Inglaterra, e de um poderoso rei, Æthelred II. A estrada percorrida por esta garota não foi fácil. E ao analisarmos o título original do livro – “Shadow on the Crown” -, que significa: “Sombra Na Coroa”, verificamos o quanto faz jus ao contexto em que Emma tem que se firmar como Rainha e as provações por quais ela passa depois de coroada.

Neste primeiro livro da trilogia Emma da Normandia, somos apresentados à uma Emma que luta para garantir e manter o seu espaço num reino diferente, em uma corte estranha, onde não tem amigos nem aliados, contra pessoas que querem ver a sua queda, e para manter escondido um amor proibido. Além de ter que conviver com um rei louco -  não sei se a palavra certa seria louco, mas, talvez, desequilibrado, paranoico; um rei assombrado por fantasmas/acontecimentos do passado; um rei desconfiado de tudo e de todos, que se acha autossuficiente, e é cruel.




Durante a leitura percebemos que A Rainha Normanda é descrito em terceira pessoa, porém por quatro pontos de vistas diferentes – o de Emma, o do Rei Æthelred II, o de Athelstan (o aetheling mais velho e possível herdeiro do trono), e o de Elgiva (filha do conde de Northampton) – foi interessante poder ver a estória por ângulos diferentes e tomar conhecimento de acontecimentos particulares.


“... Emma teve a impressão de que haviam chegado a uma época em que o amor não tinha lugar. Que era algo a ser apagado, queimado e descartado, deixando espeço apenas para o ódio, o medo e, na melhor das hipóteses, uma fria aliança ocasional. O amor que ela própria sentira – pela criança que tinha perdido, por ..., até por seus parentes normandos – nada lhe trouxera além de dor. O amor pertencia a um outro mundo. Talvez pudesse ser encontrado após a morte, mas seria imprudente, pensou, procurá-lo durante a vida.” – Pág. 300


A autora, Patricia Bracewell, deixa claro na “Nota da Autora” que se baseou em fatos reais tirados da “Crônica Anglô-Saxã” (como, por exemplo, o Massacre do dia de São Brício, que foi datado em 13 de novembro de 1003, uma sexta-feira), mas que parte da estória contida no livro é pura ficção ou adaptação, uma vez que a Crônica não é completa, nem profunda em determinados pontos da história, além de deixar alguns vazios/buracos, o que incitou a imaginação dela.

A estória se desenvolve com algumas passagens de tempo longas, porém, eu acho, que é porque antigamente tudo ocorria de forma mais vagarosa devido aos meios de que dispunham – a exemplo das cartas, viagens, ordens -, mas mesmo assim a estória tem nexo em todos os acontecimentos.

Sinceramente, eu não vejo a hora de poder ler o segundo livro (“The Price of Blood”, O Preço do Sangue), tenho certeza que ficarei apaixonada por ele. Além do que acho que ele me fará valorizar e gostar ainda mais de A Rainha Normanda, pois trará o desenvolvimento e amadurecimento dos personagens e de todas as tramas que fundamentaram a obra inicial – que ocorreram em torno do trono, do Reino, da Corte e da Coroa.




Tenho que parabenizar a Editora Arqueiro por nos presentear com uma edição maravilhosa do livro. Uma capa sensacional, uma tradução ótima, uma diagramação excelente, e uma correção minuciosa. Que venha o segundo!!!!



 (capa da publicação americana – bem parecida com a nossa)


Enfim... O livro é espetacular! Transmite ao leitor toda a dor, angústia amor, desespero, dúvidas e demais sentimentos que os personagens vivenciaram.

Vale muito a pena a leitura, principalmente se você gostar de um excelente romance histórico, com história, drama, e sofrimento de verdade!!! Eu dei 5 estrelas para ele no Skoob.



Ahh... quem quiser pode curtir a página da autora no Facebook: Patricia Bracewell.

20 comentários:

Bibi Santos disse...

Medo deste livro... kkkkkkkkk acho que não vou lê!

Aprendiz no mundo disse...

Fantástico!!!! Pena que estou lendo outro... Mas eh o tempo que o segundo chega! Suas resenhas estão maravilhosas!! Acho q deveria pensar em fazer um Vlog urgentemente! Ia ser o max! :D bjos, Barbara.

Rízia Castro disse...

Primeira resenha que vejo e fiquei muito a fim de ler!
Adorei a forma como você relatou a história! Super empolgante =)
Beijinhos
Rizia - Livroterapias

Laganowski disse...

Papy, resenha maravilhosa!!! Dá para perceber o quanto você curtiu e se envolveu com o livro!!! Adoro livros, filmes e seriados assim... Épocas da história do mundo contadas dessa forma nos fazem viajar e vivenciar o momento!!!

Lia Christo disse...

Oi Paloma, esta é a primeira resenha que leio deste livro, e achei bem interessante.
Eu amo romances de época e históricos, e acho que vou gostar deste livro.
Ótima resenha como sempre!
Bjus
Lia Christo
www.docesletras.com.br

Paloma Casali disse...

Bi ahahahha não imagino você lendo, como já tinha dito antes - mas pode ficar tranquila que irei continuar contando o livro todo para você e as minhas indignações e felicidades com a leitura dessa trilogia hahahahahha
:*

Bibi Santos disse...

kkkkkkkkkkkkkk Não tenho dúvida, prefiro livros com um bom chicote e muita sacanagem... kkkk mas como você me ama, tenho certeza que vai ter um prazer de conta o livro todo e sua sofrência e choro com os personagens

Biazinha disse...

Eu quero muito ler esse livro,adoro tramas passadas na época medieval e quero sentir todos esses sentimentos que você descreveu sentir ao ler o livro.Também adorei a capa e tenho certeza que a edição é primorosa assim como todas as edições da editora.

bjsss

Apaixonadas por Livros

Paloma Casali disse...

Obrigada!!!! Quando der leia ele!
Hahahahaha
um Vlog ainda vai demorar um pouquinho!
sou melhor com a escrita kkkkk
Bjs

Paloma Casali disse...

Que bom que vc gostou e achou empolgante!
esses comentários são recompensantes!
depois que você ler A Rainha Normanda venha me dizer oq achou hahahhaha
bjs

Paloma Casali disse...

Nem comento o quanto eu amo tb essa época hahahah
E leia esse livro!
Bjs

Paloma Casali disse...

Liaa....adoro seuscomentários. ..ssignificam que estou no caminho certo hahahahaha
leia esse livro, certeza de que vc irá gostar!
Obrigada!
Beijos

Paloma Casali disse...

Biaaa...Não perca tempo! Leia logo! O livro é realmente muito bom!
Obrigada!
Beijos

Paloma Casali disse...

Biaaa...Não perca tempo! Leia logo! O livro é realmente muito bom!
Obrigada!
Beijos

Paloma Casali disse...

Nem comento o quanto eu amo tb essa época hahahah
E leia esse livro!
Bjs

Paloma Casali disse...

Que bom que vc gostou e achou empolgante!
esses comentários são recompensantes!
depois que você ler A Rainha Normanda venha me dizer oq achou hahahhaha
bjs

Neli Rodrigues disse...

Paloma, tb quero muito o próximo livro.
A Rainha Normanda superou as minhas expectativas.
Sua resenha está ótima e tb já conferi a entrevista com a Patricia Bracewell, foi mto interessante conhecê-la um pouco melhor. Bjs,

Fernanda Freitas disse...

Pensei quase a mesma coisa, Bibi .rsrsrs

Fernanda Freitas disse...

Pensei quase a mesma coisa, Bibi .rsrsrs

Fernanda Freitas disse...

Pensei quase a mesma coisa, Bibi .rsrsrs

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ILUSÕES!

 
Copyright 2009 Ilusões Noturnas